02/09/2015

Vídeo - Bate Papo ao Vivo




Uma pesquisa muito interessante feita nos EUA, constatou que as mamães que trabalham fora ficam ansiosas para trocar o seu trabalho para ficar mais tempo com a sua família se fosse viável financeiramente. E 43% das mães que trabalham foram estão dispostas a aceitar um corte salarial se pudesse ficar mais tempo com sua família.

Nós mulheres conquistamos o nosso espaço no mercado de trabalho. Isso é fato. Em muitas conversas com amigas vejo o quanto todas nós temos o mesmo desejo de trabalhar de casa e assim poder nos dedicar mais a nossa família. É a nossa essência feminina. Nosso lado maternal a necessidade que temos em CUIDAR.

Nós artesãs temos o privilégio de trabalhar de casa e com isso podemos fazer o nosso horário. O importante é respeitar o seu tempo, seus limites e ter disciplina.

O problemas, sim, infelizmente temos que dar esse nome a situação é que fazemos TUDO. E pior fazemos TUDO ao mesmo tempo. Isso nos causa cansaço e logo bate o desanimo. Logo os filhos cobram, o marido cobra de você e aí vem a frustração. Nos sentimos mal.

1) Encontre seu tempo para trabalhar

Se você pode trabalhar com o seu artesanato somente na hora que as crianças estão na escola ou somente quando o marido chega em casa e pode olhar as crianças por você, ótimo. Não adianta começar uma necessaire e colocar duas panelas no fogo, uma criança para olhar e uma máquina de roupa lavando. Encontre o seu tempo. Se no começo dispõe de apenas duas horas será suficiente. Mas, que nesse tempo você apenas trabalhe. Não atenda ao telefonema da família, não abra a porta pra vizinha e não responda mensagens pessoas ( das amigas ). Produção combina com foco.

2) Cobre de si mesma com moderação
Não vire a patroa chata que ninguém gostaria de ter. Mas, imponha limites para sim mesma. Já com os horários escolhidos e com tempo para descansar e aproveitar a família a sua criatividade e bom humor vai fluir para criar. Então, se cobre, nesse momento que ainda que não tenha vendas trabalhe. Sente, crie, faça, divulgue. Uma artesã carregada de cobranças que não pode cumprir em UM único dia tonasse uma pessoa frustrada.
Tente se livrar da desordem. Pare, pense e CUMPRA uma meta por vez.

3) Insista com as regras do jogo
Se faça entender. Principalmente por você mesma e com o tempo todos a sua volta estarão respeitando seu tempo e seus limites. Isso leva tempo, então insista com as regras do seu jogo para que os filhos entendam, para que o marido entenda e para que a família também entenda. Não será uma tarefa fácil e com foco você não irá desistir.

4) Largue as redes sociais
Eu acredito que muitas de vocês agora franziu a testa.
Como assim ? Largue as rede sociais ? Isso mesmo, tente fazer isso ainda que seja por uma única tarde. Um espaço para viver, para se organizar, para concluir, para respirar. Uma tarde para arrumar gavetas, organizar a geladeira, doar aquela caixa de brinquedo que já estão separados a mais de 6 meses.

2 comentários:

  1. Oiiii!
    Tudo bem? Espero que sim!
    Meu nome é Aline!
    Quer deixar o meu MUITO OBRIGADA pelas aulas maravilhosas que você tem nos proporcionando!
    São de muito valor!
    Espero te conhecer algum dia pois também moro em USA, em MICHIGAN, pertinho de você!
    Deus lhe abençoe!
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  2. Oiiii!
    Tudo bem? Espero que sim!
    Meu nome é Aline!
    Quer deixar o meu MUITO OBRIGADA pelas aulas maravilhosas que você tem nos proporcionando!
    São de muito valor!
    Espero te conhecer algum dia pois também moro em USA, em MICHIGAN, pertinho de você!
    Deus lhe abençoe!
    Grande beijo

    ResponderExcluir